EPÓXI CIPLAK

Produtos Impermebilizantes » Materiais Auxiliares

Impermeabilizante EPÓXI CIPLAK

É um adesivo estrutural de base epóxi de média fluidez, bicomponente, que apresenta excelente desempenho na aderência de diversos materiais utilizados na construção civil como concreto, aço, alumínio, etc.

Detalhes do Produto

Vantagens

- Fácil aplicação;
- Rápido endurecimento;
- Excelente resistência mecânica;
- Excelente rendimento na aplicação;
- Impermeável;
- Ótima aderência nas diversas superfícies como: concreto, argamassa, madeira, cerâmicas, aço, ferro e outros materiais da construção civil.

Onde Aplicar

Pode ser aplicado para colagem de concreto novo com concreto antigo, de concreto com aço, alumínio, cerâmica, ferro, granito e/ou madeira. Colagem de elementos de concreto pré-moldado.

Características

Função

Adesivo estrutural

Composição e aspecto

Componente A: resina epóxi e cargas minerais - Componente B: poliamida-amina

Coloração

Cinza

Densidade da mistura

1,600 a 1,700g/cm³

Proporção

2 partes de componente A para 1 parte de componente B (em kg)

Consumo estimado

Para colagem: 1,6Kg/m²/mm de espessura
Para fixação: 1.600Kg/m³
Podendo variar conforme a qualidade e a porosidade da superfície

Tempo de vida da mistura

1 hora

Cura inicial / Cura Total

Resistência inicial em 4 horas / 7 dias para cura total

Resistência a compressão

60Mpa após 24 horas 

Modo de Preparo

DA SUPERFÍCIE

ATENÇÃO: A aderência do EPÓXI CIPLAK ao substrato é fundamental ao seu desempenho e durabilidade, para tanto são necessários cuidados especiais no preparo da área, que deve resultar em uma superfície firme e livre de impurezas que possam prejudicar esta aderência.

- Em caso de nichos, falhas de concretagem, fissuras ou trincas faça os devidos reparos;
- Deixe a área da aplicação áspera, lixando-a ou fazendo hidrojateamento, por exemplo;
- Limpe bem a superfície, deixando-a livre de pó, óleo, desmoldantes, sistemas impermeabilizantes anteriores, película de cura química do concreto, nata de cimento e sem partes soltas;
- Dependendo da situação, utilizar meios mais eficazes para preparo da superfície, como a lavagem com solução ácida ou mesmo o apicoamento mecânico ou manual, complementando com hidrojateamento para a limpeza do local.

DO PRODUTO

- Somente inicie esta etapa após a superfície de aplicação estar preparada;
- Faça a homogeneização dos componentes A e B separadamente;
- Adicione todo o conteúdo do componente B no recipiente do componente A;
- Mexa bem até que a mistura fique homogênea. Recomenda-se a utilização de um agitador mecânico;
- A mistura manual deve ser de aproximadamente 5 minutos e a mecânica de 3 minutos;
- Não dilua o produto com água.

Restrições

- Guardar o produto em local coberto, seco, arejado e longe de fontes de calor;
- Mantenha sempre fechada a embalagem e respeite as indicações de empilhamento da mesma;
- Não reutilizar a embalagem vazia.

Segurança

- Sempre use luvas, óculos e máscara de proteção semifacial tipo PFF1 (NR 6 item D) e avental de PVC para a aplicação do produto;
- Mantenha-o fora do alcance de crianças e animais e longe de alimentos, fontes de calor e água de consumo;
- Em contato com a pele ou os olhos, lave-os com água em abundância, se ingerido não provoque vômito e procure auxílio médico levando a embalagem;
- Emergências ligue PROQUÍMICA: 0800 118270.

Instruções de Uso
  • 1. Utilizar o produto em, no máximo, 1 hora (25°C e 50% UR) após a mistura;

  • 2. Aplicar o EPÓXI CIPLAK com trincha, pincel ou espátula, fazendo o preenchimento de todas as cavidades.

  • Para colagem

    1. O material a ser colado deve entrar em contato com o EPÓXI CIPLAK ainda em seu estado pegajoso;

    2. Os materiais devem ser lançados sobre o EPÓXI CIPLAK em, no máximo, 1 hora (25°C e 50% UR) após a mistura.

  • Para fixação e ancoragem

    1. As dimensões das perfurações, diâmetro e profundidade dos furos, devem seguir o projeto;

    2. O diâmetro do furo deve ter dimensões padrão superiores ao diâmetro da barra de aço;

    3. Recomenda-se que a espessura de colagem seja de, no mínimo, 2mm;

    4. Deve ser vertido para dentro do furo com volume suficiente para preencher todo o espaço entre a barra de aço e o concreto;

    5. Em seguida, introduzir a barra de aço previamente limpa efetuando um leve giro sobre si e manter a barra imobilizada até o endurecimento inicial do EPÓXI CIPLAK.